domingo, 22 de novembro de 2015

Depois de viver o inferno da Série D, Santa Cruz vence e sobe para 1ª divisão do Brasileiro

Foram exatamente nove anos longe da elite do futebol, em um caminho em que o torcedor viveu o fundo do poço com a disputa da Série D, em 2012. Depois de passar pelo calvário das divisões inferiores, o Santa Cruz pode comemorar: a equipe conseguiu o acesso para a elite do futebol em 2016. O time pernambucano venceu o Mogi Mirim por 3 a 0 pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B no Estádio Novelli Jr, em Itu, neste sábado.
A equipe de Recife chegou aos 64 pontos e não pode mais ser ultrapassada pelos Bragantino e Náutico. Mesmo sem o atacante Grafite, principal estrela do time, o Santa Cruz conseguiu uma sequência de um empate e cinco vitórias consecutivas para decretar a arrancada final.
O técnico Marcelo Matellotte é um dos principais responsáveis pela conquista, pois quando assumiu no lugar de Ricardinho, o time na zona de rebaixamento na 18ª posição.  Já o Mogi Mirim permanece na com 12 jogos sem vitórias, na lanterna com 23 pontos e já está rebaixado para a Série C.
No primeiro tempo o jogo foi pouco movimentado, mesmo com o um adversário em situação inferior, os visitantes não conseguiram impôr o ritmo de jogo.
Na segunda etapa, porém, foia  vez de garantir a vitória. Anderson Rosa agarrou o zagueiro Alemão dentro da área e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Daniel Costa abriu o placar aos 10 minutos.
Logo em seguida, três minutos depois, foi a vez de Bruno Moraes ampliar. Após chute forte de Renatinho, o goleiro Daniel espalmou para o meio da área. O atacante dominou e chutou para o fundo das redes.
O time pernambucano ainda teve tempo de fazer mais um gol, aos 32. Após contra-ataque comandado por Daniel Costa, Raniel chutou e na sobra do arqueiro, Bileu só tocou para dentro da meta.

FICHA TÉCNICA
MOGI MIRIM 0 X 3 SANTA CRUZ
Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data: 21 de novembro de 2015, sábado
Horário: 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio
Assistentes: Jesmar Benedito de Paula e Leone Carvalho
Cartões Amarelos: Anderson Rosa, Renato Camilo e Romarinho (Mogi Mirim); Alemão (Santa Cruz)
Público: 1.400
Renda: R$ 81.080,00
GOLS:
SANTA CRUZ: Daniel Costa, aos dez minutos; Bruno Moraes, aos 13; e Bileu, aos 32 do segundo tempo
MOGI MIRIM: Daniel; Michel (Everaldo), Pablo, Renato e Dieguinho; Jonatan, Dunguinha (Gustavo Costa), Franco e Anderson; Jô (Daniel Trajano) e Keké
Técnico: Toninho Cecílio
SANTA CRUZ: Tiago Cardoso, Vítor, Alemão, Danny Morais e Allan; Wellington, João Paulo, Daniel Costa (Vinicius Reche), Renatinho (Bileu) e Luisinho; Bruno Moraes (Raniel)
Técnico: Marcelo Martelotte

  fonte > http://www.msn.com/pt-br/esportes/serie-b/depois-de-viver-o-inferno-da-s%C3%A9rie-d-santa-cruz-vence-e-sobe-para-1%C2%AA-divis%C3%A3o-do-brasileiro/ar-BBnhGhD?li=AAaB4xI

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo do blog